TÍTULO: My Beautiful Broken Brain
DIREÇÃO: Sophie Robinson, Lotje Sodderland
ANO: 2016
DURAÇÃO: 1h 24min
CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: 12 anos.
  
"A vida é como um sonho"

            Você está em casa, num dia normal. Está preparando seu café ou se arrumando para sair. Está chegando de um dia de trabalho ou atrasada para esse mesmo trabalho. De repente, sua cabeça começa a latejar de dor. Você sente-se perdida. Algumas horas depois é encontrada num banheiro de hotel, suja e desacordada. É levada as pressas para o hospital, onde descobre que sofreu um derrame cerebral. É então que começa uma intensa luta travada com a sua própria mente. Que não é mais a mesma.
           Lotje passou por tudo aquilo que você somente imaginou. E ela resolveu contar a sua história. Não em um livro, mas gravando suas experiências e montando um documentário incrível.
         É difícil descrever em palavras a sensação que temos ao ver o documentário. No começo estamos apreensivos. Nós passamos a conhecer Lotje e também passamos a sofrer junto com ela e com a mania de as pessoas verem somente suas limitações. Se pudesse resumir em uma frase, o que seria deveras muito difícil, diria que esse documentário é a forma que Lotje encontrou para comemorar as suas possibilidades apesar de tudo. A narrativa é tão intensa que nos pegamos pensando em nossa própria existência. De que somos feitos? O que nossas experiências nos dizem? Até quando vamos deixar de viver para trabalhar e adquirir bens que não sabemos como usufruir? Lotje era uma alma livre. Era independente, era feliz, mas o derrame não lhe tirou isso, somente a fez descobrir uma outra existência na própria existência.
         Este lindo documentário, permeado de ensinamentos do roteirista e ator David Linch está disponível na Netflix, possui áudio em português, mas aconselho olhá-lo com legendas para que possa ouvir com clareza a voz de Lotje. É um documentário sobre superação, mas não aquela piegas que filmes maiores nos vivem vendo. Essa é uma superação verdadeira contada por pessoas reais com seus problemas reais.