TÍTULO: Uma jogada do Amor  
AUTORA:Ruth Arnaldo
EDITORA: Autografia
ANO: 2016
PÁGINAS:175


SINOPSE: Isadora escolheu uma pequena cidade no interior para fugir de seu passado cruel. Seguia uma vida simples de estudos e de atividades solitárias. Mas, numa jogada ousada, o destino colocou Sebastian em seu caminho, o principal jogador de futebol da universidade. Sexy e divertido, ele não está acostumado com uma garota tão retraída e tímida quanto Isadora. O seu novo jogo preferido passa a ser fazê-la cair em sua rede. Como uma garota pode resistir ao seu sexy sorriso torto ou às covinhas tentadoras? Isadora vai tentar resistir com todas as suas forças. Ela sabe que não pode trazer mais alguém para a bagunça que é a sua vida. Mas resistir aos encantos de Sebastian está se revelando tão difícil quanto esconder o seu grande segredo do passado. Quando esses dois mundos se chocarem, todos os medos serão deixados para trás e o amor será o único jogo que ambos saberão jogar. Mas os fantasmas de Isadora ressurgem com força total na sua vida. Será o amor de Sebastian capaz de salvá-la dos demônios que a perseguem? Romance, suspense, paixão e muita sensualidade dominam a história de Isadora e Sebastian. Prepare-se para prender a sua respiração até a última página de Uma Jogada do Amor. 

Quando um livro nos desperta lembranças da adolescência...


          Leio romances desde meus 14 anos. Bianca, Julia ou aqueles históricos da Harlequim fizeram parte da minha adolescência. Ao ler Uma Jogada do Amor lembrei-me dessa época de romance juvenil, de brilho nos olhos e sorriso bobo nos lábios. 
 
          Nesse romance, o leitor é convidado a conhecer Isadora e Sebastian, dois estudantes universitários que se conhecem por causa de uma bola fora. Sim, a protagonista, nas primeiras páginas leva uma bolada de um amigo do Sebastian, que muito atencioso vai de encontro a ela para perguntar se está bem. É nesse momento que as primeiras faíscas surgem entre o nosso casalzinho. 
         "Adentro o gramado que corta toda a frente da Universidade, em meu costumeiro passo rápido, sem prestar muita atenção no que se passa ao meu redor, e, claro, não vejo o incrível objeto voador, que escolhe atingir a minha cabeça neste momento, derrubando-me no chão.
            — Você está bem? - Uma voz rouca e forte me pergunta, bem próximo ao meu rosto.
            Trato de abrir os olhos, mesmo estando meio zonza ainda, e me deparo com um par de olhos muito negros me olhando preocupados. Por alguns segundos, fico presa na intensidade daquele olhar, mas piscando para sair do transe, ocupo-me em continuar minha inspeção em meu belo salvador."(p.8)

Acontece que dona Isadora tem um segredo inconfessável e não pode, teoricamente, ter um namorado. 
       "Abro meus olhos e suspiro quando vejo que estou na minha cama. Foi apenas mais um pesadelo. Eu estou na segurança do meu quarto. Pulo da cama e vou para o banheiro, olho meu reflexo no espelho e repito para minha imagem assustada, que me encara: Foi apenas um sonho ruim. Você está bem segura aqui, Isadora."(p.7)
             Mas a menina não quer nem saber e mesmo sendo um pouco difícil no começo, trata logo de ficar com o bofe! E é nesse momento, que vai a minha “crítica” ao livro. A meu ver, o enredo não pedia tanto detalhamento do relacionamento dos dois, que incluiu passeios, bailes, seção pipocas e um tanto mais de coisas. Ou seja, os capítulos vão perdendo um pouco o foco, que é o segredo de Isadora. 

              Creio que foi isso que me fez parar tantas vezes a leitura, que começou tão bem, mas que no meio me dava uma preguicinha de ler. Fora isso, trata-se de um romance leve, mas que traz questões muito interessantes, como o abuso de mulheres. Creio que a autora criou um lugar perfeito para esse assunto na história e talvez elaborar mais esse assunto tornaria o livro mais robusto. Bom, mas ainda não acabou, porque no fim descobrimos o que acontece com Isa. Todavia, uma nova ameaça surge o somos convidados a ler a continuação. Espero que o segundo livro aborde mais sobre o passado de Sebastian e que conheçamos outras facetas desse carinha boa pinta (bota boa pinta nisso) e que a Isa consiga, finalmente, se livrar desse carma que a persegue. 
 
          Espero que tenham gostado da resenha. Caso queiram adquirir o livro e/ou conhecer a escritora Ruth Arnaldo (clique aqui) 

Beijocas, e até a próxima resenha. (Que será em breve, espero).








2 Comentários

  1. Ficou ótima a resenha, meu deu vontade de ler. Sabe que gosto de um romance, ainda mais com mistério. Parabéns Iggy 😙😙😙

    ResponderExcluir
  2. Aaah, já tinha lido outras resenhas, mas sempre fico ansiosa para ler esse livro, pois parece ótimo!

    Beijos, Carol
    Blog com V.

    ResponderExcluir